A erva Mostarda: descrição, usos e curiosidades

A mostarda-castanha ou mostarda-marrom também chamada mostarda-oriental.


Imagem de Ali Rıza Eker por Pixabay


✅ Canal no Youtube | Inscreva-se AGORA ✅


Características: Forma-se óleo essencial acrescentando-se água ao pó seco.

Cor: Flores amarelas de quatro pétalas.

Altura: 1,5 m.

Dicas de plantio: Na primavera, plante ao ar livre a partir da semente em solo úmido e ao sol.

Usos: Adicionada a molhos de saladas e pratos com ovos e com queijo. Na água quente serve para relaxar os pés.


É uma planta bienal da família Brassicaceae cultivada pelas suas sementes utilizadas na preparação de condimentos.


A mostarda-castanha é uma planta vigorosa que pode ultrapassar os 1,5 metros de altura na época da floração. As flores, de cor amarela, são reunidas em racemos terminais. As sementes são castanhas e desenvolvem-se no interior de síliquas.


Esta espécie é originária da Ásia Central e Oriental: Sibéria, Cazaquistão, Quirguistão, Tadjiquistão, Turquemenistão, Mongólia, China.


Leia também:


Espécies de mostarda


Brassica alba: nativa da bacia do Mediterrâneo, é uma planta herbácea de 30 a 80 cm. Produz flores amarelas, auto-estéreis. As sementes contêm um glucosídeo que é hidrolisado na presença da água pela enzima microsin, o que desenvolve o sabor picante.


Brassica juncea: possivelmente originária da África e naturalizada na Ásia. É uma das mostardas mais picantes, contendo 35% de óleo comestível. A planta é ereta, muito ramificada e cresce até 1m de altura, sendo suas flores autoférteis.


Brassica nigra: Nativa da Eurásia. Atualmente as sementes são misturadas com a mostarda amarela, que é menos picante. As sementes contêm 28% de óleo e 1% de óleo volátil. A planta também é bastante ramificada e cresce até 1m de altura. As sementes são de cor marrom-escura e as flore são auto-estéreis. O glucosídeo sinigrin das sementes pela ação da enzima microsin, na presença de água, induz a produção de óleo volátil, responsável pelo sabor picante.


Leia também:


Principais Regiões Produtoras


Estudos da EMPRAPA mostraram que a melhor região para o cultivo da mostarda é a região do planalto Central, sendo que a cultivar Gisilba, de origem alemã, foi a que demonstrou melhor adaptação às condições climáticas e de solo.

Comentários

Seguidores

Agregadores

GeraLinks - Agregador de links Agregalinks - O melhor agregador de links para blogs Trends Tops Agregador de Links