A erva rábano-silvestre

A erva rábano-silvestre (Armoracia rusticana) é uma raiz-forte, típica da culinária leste Europeu e muito conhecida dentre outros numerosos números de povos da Europa.

 https://naturezacuriosa.bioorbis.org/2019/09/erva-rabano-silvestre.html
A erva rábano-silvestre (Armoracia rusticana). Fonte da imagem: Wikipedia.


Nome científico: Armoracia rusticana
Características: raízes longas, espessas e carnudas cobertas por uma epiderme marrom áspera e pilosa.
Cor das flores: delicadas flores brancas.
Altura média: 50 cm.
Dicas de plantio: espalha-se rapidamente e precisa ser contido. Floresce em qualquer lugar.
Usos: misturado com creme, em molhos de carne e de peixes.

Nomenclatura botânica


Esse gênero Armoracia (por vezes designada como armorácia) é o gênero botânico a que pertence a raiz-forte, espécie representativa do gênero e que é também conhecida pelo nome de rábano-bastardo, rábano-de-cavalo, rábano-picante, rábano-rústico, rábano-silvestre, rábano-silvestre-maior, rabão-silvestre, rabão-rústico, rabiça-brava, rabo-de-cavalo ou saramago-maior, cujo nome científico é Armoracia rusticana (ou Cochlearia armoracia, Armoracia lapathifolia, Nasturtium armoracia, Radicula armoracia ou Rorippa armoracia).




Caracterialistas da erva rábano-silvestre


É uma planta perene, herbácea, da família das Brassicaceae (a que também pertence o nabo, a couve e a mostarda). As folhas radicais (junto à raiz) são grandes e oblongas. As folhas caulinares são lanceoladas. Tem flores brancas, com quatro pétalas inteiras. O fruto é uma silíqua pequena, de cerca de 4 mm de comprimento.


Acompanhamento clássico do rosbife, suas raízes têm um odor forte. Como as cebolas cruas, deixa os olhos úmidos. Usada como aromatizador há pelo menos 3 mil anos. É rica em vitamina C e é utilizada como condimento ou tempero quando ralada.


Propriedades medicinais da erva rábano-silvestre


Essas ervas podem conter potássio, cálcio, magnésio e fósforo, bem como óleos voláteis, óleo de mostarda, que tem propriedades antibióticas. Fresca, a planta tem 177,9 mg/100 g de vitamina C. A enzima peroxidase, encontrada na planta, é muito usada em biologia molecular, por exemplo, para a detecção da ligação de um antígeno a um anticorpo.


Para finalizar veja um vídeo do nosso canal BioOrbis, sobre 🌿 Conheça um pouco sobre algumas ERVAS e PLANTAS MEDICINAIS:

Comentários

Seguidores

Agregadores

GeraLinks - Agregador de links Uêba - Os Melhores Links Linka Links - Agregador de links Trends Tops Agregador de Links Eu Te Salvo O 1º agregador de conteúdo de Portugal