A erva absinto

O absinto (Artemisia absinthium), também conhecido por losna, sintro, absinto-comum, absinto-grande, absinto-maior, alosna, artemísia, erva-santa e artemísia-absinto. é uma planta da família Asteraceae.

 https://naturezacuriosa.bioorbis.org/2019/10/erva-absinto.html
Erva absinto (Artemisia absinthium). Pixabay/Domínio Público.

Nome científico: Artemisia absinthium
Características: um arbusto arredondado com folhas verde-pálidas, com sulcos pronunciados.
Cor: flores verde-amareladas no verão.
Altura: 1,2 m
Dicas de plantio: propaga-se a partir de mudas cortadas no verão ou de sementes.
Usos: Pot-pourri e sachês de ervas, extrai-se o óleo essencial.

O absinto é usado para dar sabor a licores e aperitivos, devido à sua fragrância peculiar. Cultivar à semi-sombra ou a pleno sol, mas abrigado de ventos fortes.
Na Grécia Antiga, esta planta era dedicada à deusa Ártemis (Diana, entre os romanos, deusa da caça e da castidade). Daí a origem de seu nome científico. É uma erva originária da Europa e da Ásia, de folhas recortadas de cor cinzenta, de sabor amargo e que é utilizada como planta medicinal e na fabricação da bebida conhecida como absinto.
O absinto contém pequenas quantidades de tujona, que se pensou outrora ser relacionado com o THC (tetraidrocanabinol), mas sabe-se agora que é um antagonista dos receptores GABA-A. O consumo excessivo de tujona pode causar espasmos e convulsões.


Comentários

Seguidores

Agregadores

GeraLinks - Agregador de links Uêba - Os Melhores Links Linka Links - Agregador de links Trends Tops Agregador de Links Eu Te Salvo O 1º agregador de conteúdo de Portugal