Fenômenos luminosos da natureza: luz zodiacal

A luz zodiacal é um feixe de luz fraca, quase triangular, visto no céu noturno e que se estende ao longo do plano da eclíptica, onde estão as constelações do Zodíaco.

 https://naturezacuriosa.bioorbis.org/2019/12/fenomenos-luminosos-natureza-luz-zodiacal.html
Fenômeno da luz zodiacal. Fonte da imagem: Wikipedia/Dominic Cantin - <http://www.pbase.com/dominiccantin>; <http://www.spacew.com/gallery/DominicCantin>; <http://astrosurf.com/aurores>



 https://www.youtube.com/channel/UCdjF1j_jYXGznBq955YWDoQ

Cobre completamente o céu, mas só é perceptível no plano da eclíptica e é responsável por 60% da luz natural em uma noite sem Lua.

Quando e onde pode se ver a luz zodiacal?


É visível como um cone de fraca luminosidade que se estende para cima no horizonte, a luz zodiacal é provocada pela reflexão da luz solar em partículas meteoríticas espalhadas perto do plano da eclíptica. Pode ser vista a oeste após o pôr-do-sol e no leste antes do nascer do sol, em geral na primavera e outubro.



A luz zodiacal é muito fraca e é completamente invisível no céu suficientemente iluminado por outros objetos brilhantes como a Lua ou a poluição luminosa. A luz zodiacal aparece como uma coluna, muito brilhante no horizonte, inclinada no ângulo da eclíptica. A intensidade da luz diminui com a distância do Sol. Em algumas noites muito escuras é possível ver uma faixa contínua ao longo de toda a eclíptica.



Em oposição à luz zodiacal, pode-se ver um brilho muito fraco de forma oval conhecido como Gegenschein. Ver o halo de luz zodiacal nem sempre é fácil. É preciso escolher bem o momento da observação. Como o brilho se estende ao longo de toda a eclíptica, é melhor observável quando ele se levanta acima do horizonte, o que depende da estação.

Como é formado esse fenômeno da luz zodiacal?


O fenômeno da luz zodiacal é produzido pela reflexão da luz do sol nas partículas de poeira no Sistema solar conhecida como poeira cósmica. Consequentemente, seu espectro é o mesmo que o espectro solar. O material que produz a luz zodiacal é chamado de nuvem de poeira interplanetária e está localizado em um volume em forma de lente, centrado no Sol, e que se estende bem para além da órbita da Terra. Como a maioria desse material está localizada perto do plano do sistema solar, a luz zodiacal é vista ao longo da eclíptica. A quantidade de matéria necessária para produzir a luz zodiacal observada é surpreendentemente pequena. Se fosse na forma de partículas de um milímetro, cada uma com o mesmo albedo (refletividade da superfície de um corpo), como por exemplo, a Lua da Terra, cada partícula estaria à 8 km de seus vizinhos.



O Efeito Poynting-Robertson faz com que as partículas se movam lentamente em espiral nas proximidades do Sol, o que requer uma fonte contínua de novas partículas para manter a nuvem zodiacal. Acredita-se que a poeira oriunda de cometas e a poeira gerada pelas colisões entre asteroides são os principais responsáveis pela manutenção da nuvem de poeira que produz a luz zodiacal e o Gegenschein. Nos últimos anos, as observações feitas por uma variedade de sondas espaciais mostraram estruturas significativas na luz zodiacal, incluindo faixas de absorção da poeira associados com restos de determinadas famílias de asteroides e de várias trilhas de cometas.

A primeira descrição detalhada da luz zodiacal foi feita em 1683 pelo matemático e astrônomo italiano Giovanni Domenico Cassini e explicada por seu colega suíço Nicolas Fatio de Duillier em 1684.

Comentários

Seguidores

Agregadores

GeraLinks - Agregador de links Uêba - Os Melhores Links Linka Links - Agregador de links Trends Tops Agregador de Links Eu Te Salvo O 1º agregador de conteúdo de Portugal