Os cogumelos comestíveis (ou não) boletes

 Esse grupo de cogumelos é bem diferente, alguns comestíveis e outro venenosos.


A ordem dos boletes


Boletales é uma ordem de fungos da divisão Basidiomycota que inclui um grande número de espécies com grande variedade de tipos de corpo frutífero (ou seta), entre os quais os boletos. O género Boletus é o grupo melhor conhecido desta ordem.


Espécies de boletes


Boleto-pãozinho-de-centavo (Boleutus edulis)


Imagem de Krzysztof Niewolny por Pixabay

Grupo:
 boletes
Estação: outono.
Comestibilidade: espécie boa para comer, usada como condimento comercial para sopas
Chapéu: 8 a 20 cm de diâmetro
Caule: esbranquiçado ou marrom-claro
Carne: esbranquiçado
Depósito de esporos: marrom-oliva
Hábitat: todos os tipos de florestas, principalmente de faias e carvalhos.

Espécie robusta identificável pelo chapéu marrom, pelo caule claro com uma rede branca na parte superior e pelo branco inalterável da carne.


Cogumelo-enrolado-marrom (Paxillus involutus)


Imagem de ASSY por Pixabay

Grupo:
 boletes
Estação: verão e outono.
Comestibilidade: venenosos, parece ter uma toxina acumulativa. Deve ser evitado.
Chapéu: 4 a 20 cm de diâmetro
Caule: amarelo, grosso e macio
Carne: branca
Depósito de esporos: marrom-argila
Hábitat: em florestas de árvores variadas ou urzais.

Esta espécie é comum muito grande com caule curto, lamelas marrons que dão a sensação de serem viscosas quando esmagadas.

Leia também:

Boleto-do-diabo (Boletus satanas)


Fonte da imagem: Wikipedia/photo taken by Archenzo in an Italian wood Piacenza's Appennino - Own work

Grupo: boletes
Estação: verão.
Comestibilidade: venenoso
Chapéu: 8 a 25 cm de diâmetro
Caule: curto, resistente, coberto com rede vermelha de linhas em alto relevo.
Carne: cor de palha clara ou esbranquiçada; cheiro desagradável.
Depósito de esporos: marrom-oliva
Hábitat: florestas, em geral de coníferas.

Espécie caracteristicamente grande, com chapéu esbranquiçado, poros vermelhos e rede vermelha típica no caule.

Leia também:

Bolete-marrom-de-bétula (Leccinum scabrum)


Imagem de Krzysztof Niewolny por Pixabay

Grupo: boletes
Estação: verão e outono.
Comestibilidade: excelente
Chapéu: 4 a 10 cm de diâmetro
Caule: quase branco, com minúsculas inscrições pretas.
Carne: grossa, macia e branca
Depósito de esporos: marrom-canela
Hábitat: no chão, sob bétulas.

Espécie muito comum, faz parte de um grupo conhecido às vezes como os "caules duros" por causa de seus caules cheios de incrustações, lembrando tronco de bétula.

Leia também:

Bolete-laranja-de-bétula (Leccinum versipelle)


Imagem de Stefan P. por Pixabay

Grupo: boletes
Estação: verão e outono.
Comestibilidade: boa
Chapéu: 8 a 15 cm de diâmetro
Caule: comprido, branco com pequenas incrustações pretas
Carne: grossa e branca, assume tom de preto desbotado quando exposta ao ar.
Depósito de esporos: marrom-canela
Hábitat: são numerosos nos bosques de bétulas.

Geralmente encontrada nos bosques de bétula, essa espécie se caracteriza por um chapéu tipicamente laranja.

Comentários

Seguidores

Agregadores

GeraLinks - Agregador de links Trends Tops Agregador de Links Vagando na Net