Os cactos Chamaelobivia

Esses belos cactos são mias conhecidos por suas belas flores serem vermelhas vivas


O gênero Chamaelobivia é sinônimo do gênero Echinopsis, do grego ekhinos, ouriço, e opsis, vista, visão, aparência: semelhante a um ouriço. Tem origem no Paraguai. É cultivado em jardins e vasos como planta decorativa. Suporta uma temperatura mínima média de 10°C e suporta bem o sol direto, preferindo uma sombra ligeira.


Necessita de pouca água e boa drenagem. Resiste bem à seca. Pode ser propagado por sementes ou replantes. De pequena estatura e de crescimento lento, atinge até 20 cm de altura e 7–15 cm de diâmetro. Florescem no início do verão, com flores rosadas pálidas que se tornam mais escuras e avermelhadas com o tempo. As flores fecham de dia e abrem ao entardecer, sendo polinizadas preferencialmente por borboletas noturnas.


Leia também:


Algumas espécies dos Chamaelobivia


Cacto Chamaelobivia 'Fire Chief'


Fonte da imagem: Cactus world beauty


Esse cacto é um híbrido entre os gênero Lobivia x Echinopsis x Chamaecereus (Lobivia) silvestrii desenvolvida por Harry Johnson, dos EUA. Uma das espécies cultivadas mais notáveis já produzidas; floresce à noite e precisa de meia-sombra.


Cacto Chamaelobivia 'Joanne'


Fonte da imagem: worldofsucculents


Uma espécie cultivada de Lobivia silvestrii e Lobivia jojoiana vivamente colorida. Os caules semelhantes a amendoins da planta-mão são mais atrofiados, mas está claro que a fulgurante flor foi herdada da outra, L. jajoiana. Floresce em meados do verão, é diurna e precisa de boa iluminação.


http://www.youtube.com/channel/UC35bJ9Kkm5PlL3nzJdsZv3g?sub_confirmation=1?sub_confirmation=1

Comentários

Seguidores

Agregadores

GeraLinks - Agregador de links Trends Tops Agregador de Links Vagando na Net