Pedras preciosas: Espodumênio

Um mineral muito bonito se lapidado, fica com a aparência de um diamante.


Fonte: Wikipedia/O autor não foi fornecido de forma legível por computadores. Presume-se que seja Vzb83~commonswiki (com base nos direitos de autor reivindicados).


O espodumênio é um mineral reconhecido como espécie distinta em 1800, sendo a principal fonte do metal lítio (Li). Foi descoberto pelo mineralogista brasileiro, também político e poeta, José Bonifácio de Andrada e Silva. É ocasionalmente encontrado como cristais enormes em diques pegmatíticos. Trata-se de um silicato de lítio e alumínio com a fórmula LiAl(SiO3)2 e dureza 7. Cristaliza no sistema monoclínico.


Existem duas variedades. O espodumênio apresenta-se em primas achatados caracterizados por estrias verticais e terminações irregulares. Os cristais exibem uma clivagem acentuada em duas direções. É difícil lapidá-los em função da clivagem acentuada e do formato dos cristais.


A kunzita é uma importante variedade de espodumênio de cor rosa, utilizada como gema, assim como a hiddenita, outra variedade gemológica.


Leia também:

Comentários

Seguidores

Agregadores

GeraLinks - Agregador de links